Skip to content

Como Diminuir Espinhas? Natureza E Ciência Contra As Espinhas





Não sabe como diminuir espinhas? A maioria das pessoas não consegue entender como as espinhas acontecem, mas sabe o quanto elas são prejudiciais e desagradáveis à vida das pessoas, especialmente dos mais jovens e das pessoas mais vaidosos.

O mundo do cosmético e o mercado de skin care fatura milhões combatendo esse inimigo, mas a informação é, definitivamente, o melhor remédio para uma sempre das questões relacionadas às espinhas no geral.

Sabemos disso, decidimos começar essa série de arquivos sobre a acne, e o tema desse artigo é como diminuir espinhas. Agora se você deseja saber como evitar as espinhas leia sobre isso aqui, no primeiro artigo da nossa série.

Neste artigo em especial iremos mostrar como diminuir espinhas de diversas formas, trazendo alguns produtos prontos, receitas naturais e outras atitudes gerais que você precisa tomar para o caso de já estar com problemas de espinhas.

É importante entender que nosso objetivo é ajudar pessoas que estão com espinhas eventuais e, no máximo, problema de acne moderada. Se você está com uma quantidade muito grande de espinhas e a acne está começando a se tornar um problema muito sério na sua vida, o ideal é procurar um dermatologista.




Saiba Mais:

Como Diminuir Espinhas: Estou Com Problemas Com Espinhas! O Que Fazer?
Como Diminuir Espinhas: Estou Com Problemas Com Espinhas! O Que Fazer?

Estou Com Problemas Com Espinhas! O Que Fazer?

Entender como diminuir espinhas é um processo de eliminação de agentes causadores e a melhoria da sua skin care, que com certeza é parte do problema. Pele bem cuidada tem bem menos chance de desenvolver espinhas.

A outra possibilidade é você estar “cuidando demais da sua pele”, ou simplesmente usando produtos errados para seu tipo de pele. Se você anda cuidando da sua pele e ainda assim está tendo problemas com espinhas, provavelmente a sua pele é oleosa e precisa de produtos específicos para isso, que consigam oferecer um melhor controle da oleosidade da sua pele.

Lembrando sempre que as espinhas são causadas pelo acúmulo de oleosidade e impurezas na pele, que causam o entupimento dos poros e fazem com que as bactérias presentes na pele tenham um excelente lugar para se desenvolver o que causa a espinha em si.

Se nesse momento você já está com problemas com as espinhas, é importante saber como não tornar seu problema pior e começar a tratar dessa situação adequadamente. Por isso mesmo, vamos começar com o que você NÃO DEVE fazer.

O Que Não Fazer Para Diminuir Espinhas?

Existem diversas crendices sobre espinhas que circulam por aí, remédios e tratamentos caseiros que são muito prejudiciais a sua pele e fazem com que você tenha ainda mais problemas, ao invés de resolver alguma coisa.

Vamos listar alguns dos tratamentos e atitudes a respeito de espinhas que você NÃO DEVE FAZER, sob nenhuma circunstância.

  • Estourar espinhas: a realidade é que o ideal é nunca estourar espinhas, porque existe a chance de que você infeccione o local, porque as unhas são um grande repositório de micro organismos. O recomendável é apenas um esteticista fazer esse tipo de procedimento, porque esses profissionais têm capacitação para esse tipo de procedimento.
  • Usar pasta de dente na pele: algumas pessoas fazem uso de produtos que ressecam a pele na esperança de conseguir controlar a oleosidade. Você vai apenas piorar a situação, porque os componentes desses produtos são feitos para outros propósitos e podem piorar a situação da sua pele.
  • Usar boné demais ou ficar sempre apoiando o rosto da mesma forma: qualquer abafamento exagerado da pele pode causar espinhas, então não use roupas apertadas demais, bonés em excesso, e nem fique apoiando o rosto nas mãos da mesma forma.
  • Usar produtos de pele não ideais para o seu tipo de pele: esse é um erro que causa uma quantidade absurda de acne. Evite isso a todo custo, e descubra qual seu tipo de pele o quanto antes.

E você seguir esses procedimentos, já vai conseguir fazer com que as espinhas sejam problemas menores para o seu caso. Agora, vamos começar a estudar os produtos que você precisa e como diminuir espinhas com os produtos do mercado.

Como Diminuir Espinhas Usando Produtos Específicos?

Existe uma quantidade enorme de produtos feitos especialmente para ajudar a lidar com a acne, e isso é ainda mais interessante porque existem produtos para os mais variados tipos de orçamento. Vamos descobrir como diminuir espinhas com esses produtos a partir de agora:

Sabonetes para o rosto e pele acneica: os sabonetes específicos para o tratamento da acne são especialmente recomendados para o rosto e podem vir em barras ou serem líquidos. Não costumam ser tão caros e podem ser usados em situação terapêutico, ajudando a combater as espinhas.

Cremes: os cremes são outra opção bem interessante e inteligente para controlar a acne, ainda mais porque existe uma série de cremes, cada um com seu objetivo e sua forma de tratamento. A forma que cada um atua na missão de como diminuir acne é uma questão que vale a avaliação.

Os mais potentes precisam de recomendação do dermatologista.

Protetor solar específico para pele acneica: o protetor solar tradicional é uma excelente forma de aumentar a acne, porque ele impede que a pele respire a intenção de protegê-la.

Nesse sentido, a ideia central da situação é permitir que você use os efeitos benéficos do sol ao mesmo tempo em que protege a sua pele dos raios UV.

Loções: as loções podem ser usadas para ajudar a diminuir espinhas, mas elas têm um efeito mais preventivo. E nesse caso é importante sempre fazer o uso adequado dessas loções, evitando também o ressecamento excessivo da pele.

Como você pode ver a quantidade de produtos para combater espinhas e bem grande no mercado, e o fundamental é fazer uso daqueles de boa qualidade, com bons reviews de influencers.

Verifique também se o produto é indicado para algum tipo específico de pele, pois isso pode fazer com que ele fique mais ou menos eficiente.

Como Diminuir Espinhas Com Tratamentos Caseiros?

Como Diminuir Espinhas Com Tratamentos Caseiros?
Como Diminuir Espinhas Com Tratamentos Caseiros?

Nem sempre podemos gastar com produtos e às vezes tudo o que queremos é aquela receitinha caseira para ajudar a diminuir as espinhas, antes de procurar por um produto especializado.

Para que você possa fazer seu tratamento em casa, independentemente de sua situação , vamos recomendar uma série de tratamentos caseiros, que podem ser menos agressivos à sua pele e ajudar muito, especialmente na manutenção e para diminuir espinhas ainda na fase inicial:

  • Máscara de borra de café: uma excelente receita para ajudar a prevenir e também como diminuir espinhas. Passamos receitas e formas de aplicação dessa máscara incrível no nosso artigo sobre prevenção de espinhas.
  • Óleo de coco: curiosamente, o óleo de coco é uma boa opção para quem tem espinhas de origem hormonal, já que ele combate a variação da testosterona que causa espinhas
  • Aloe vera: a chamada babosa é uma excelente forma de lidar com as cicatrizes de espinhas. Por ser relaxante e cicatrizante, ela é um excelente tratamento para essa consequência desagradável do problema.
  • Vinagre de maçã com cebola: a somatória da ação secante do vinagre com a ação anti-inflamatória incrível da cebola faz dessa mistura que parece uma salada uma excelente solução para as suas espinhas.
  • Chá verde: não basta ser excelente para beber, o chá verde ainda é uma excelente possibilidade para quem precisa de uma pele eficiente e cheia de diferenciais.

Essas são apenas algumas das receitas que você pode fazer para diminuir espinhas.

Como Diminuir Espinhas Com Remédios?

Algumas pessoas ouvem falar de remédios de via oral que ajudam a diminuir espinhas e começam a se automedicar. Isso é perigoso e potencialmente desastroso, pois esse tipo de medicamento pode ser usado para um tipo de agente causador de espinhas e não ter nenhum tipo de utilidade em outros.

Esse tipo de medicamento ainda pode causar uma série de malefícios e problemas, fazendo com que você ainda tenha mais problemas e dificuldades, fazendo com que você tenha problemas muito mais sérios do que espinhas.

Se você sentir que a sua acne está muito grave, com diversos poros inflamados juntos, criando aquela área dolorosa e desagradável na sua pele, entre em contato com um dermatologista ou com um endocrinologista, que poderão afirmar com mais propriedade qual o tipo adequado de situação a ser tomada nessa situação em específico.

Por Que Tantos Métodos De Como Diminuir Espinhas?

As formas de como diminuir espinhas são muitas e variadas porque existem diversas maneiras diferentes dos seus poros serem entupidos.

Um exemplo que as pessoas não comentam com frequência é que maquiagem pode causar espinhas se não for bem retirado. Nesse caso em específico não é impossível afirmar que o demaquilante seja um produto par diminuir espinhas.

Nessa situação em específico fica especialmente interessante verificar também se a alimentação anda muito irregular, porque o excesso de açúcar e gorduras pode ajudar esse tipo de situação a continuar acontecendo no seu corpo.

Entender quais são os possíveis problemas que estão causando o aparecimento das suas espinhas pode ser uma e excelente forma de resolver o seu problema de espinhas.

O Que Fazer Se As Espinhas Continuam Aparecendo?

É importante entender que existem diversas formas de encarar espinhas. O tipo de espinha que você está tendo, quantidade de frequência pode ser considerado um caso clínico ou não.

Diminuir as espinhas antes que elas se tornem um caso médico pode ser possível, mas isso depende de encontrar o que as está causando. Comentamos com detalhes sobre prevenção no nosso artigo específico e já demos algumas dicas sobre como diminuir espinhas.

É importante entender que existem alguns momentos específicos em que as espinhas vão aparecer com mais frequência nas pessoas em geral, além de outros aspectos:

Adolescência: a lenda de que as espinhas são mais comuns na adolescência é real, porque as quantidades de hormônios que o corpo está produzindo acabam fazendo com que os poros entupam e isso pode se tornar um problema.

Gravidez e menstruação outro dos momentos em que os hormônios estão aflorados no corpo. A oleosidade da pele pode ser afetada e a pessoa começa a ter mais espinhas. Isso pode se tornar um problema sério se depois do momento de descarga hormonal a pessoa não fizer uma limpeza de pele muito boa e resolver esse problema.

Hereditariedade é um aspecto que muitas pessoas não comentam, mas ele tem presença na questão das espinhas sim, já que ele causa problemas hormonais e também regula, em alguns aspectos, o nível de oleosidade da pele. Você tem de aprender como diminuir espinhas e controlar constantemente, se for uma dessas pessoas.

Conclusão

Como você pode ver, existe muita informação sobre como diminuir espinhas, mas o principal é sempre manter uma boa higiene da sua pele e evitar as armadilhas que estamos citando com alguma frequência.

Diminuir as espinhas não significa o fim definitivo da acne, no caso de uma infecção mais séria, é necessário consultar um médico, já que em alguns aspectos esse tratamento que recomendamos aqui não vai ser suficiente.

Especialmente quando a pele fica muito avermelhada e com muitas espinhas reunidas, existe uma chance considerável de que você vai precisar ir a um dermatologista e verificar os motivos pelos quais a sua acne anda tão intensa.

Outro ponto importante que a gente verifica quando começa a entender como diminuir espinhas pode ser um processo demorado e a necessidade de uma boa prevenção à essas inflamações, e o quanto conhecer os pequenos rituais de beleza e skincare pode mudar a sua vida.

Lembre-se sempre que alguns dos procedimentos tem características específicas, como não poder sair no sol, ter de retirar dentro de X minutos, e esse tipo de recomendação existe por motivos reais. Mesmo que estejamos falando de produtos da casa, alguns deles podem ser bem prejudiciais quando usados de forma errada.

Nossa missão de instruir o público sobre a realidade e os motivos das espinhas continua, pois ainda teremos mais informações para passar a vocês. Não perca nosso próximo guia e conte conosco! Compartilhe essas informações com seus amigos e parentes e ajude nosso trabalho a continuar com a qualidade que sempre desejamos oferecer. Até o próximo post!